Avaliação do Tópico:
  • 0 votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Usa IPTV e está travando?
#1
Usa IPTV e está travando?

1) O problema é geral (servidor) ou local (cliente)?

Precisamos primeiro definir a origem. O vendedor deve abrir o mesmo canal do cliente e reproduzi-lo em mais de um dispositivo (computador e smartphone, por exemplo). Após constatar que o problema é só no cliente, prossiga.

2) Reiniciar modem/roteador/dispositivo

Boa parte dos travamentos ocorrem por sobreaquecimento dos equipamentos e utilização por longa duração. Tente desligar tudo da tomada, inclusive TV, por 1 a 2 minutos, e depois religar.

3) Testar conexão Wi-Fi e por cabo de rede

Às vezes barreiras entre dispositivo e modem ou mesmo oscilações no sinal podem fazer oscilar a transmissão. Sempre bom testar também em internet cabeada.

4) Testar em mais de um aplicativo
Um aplicativo pode corromper ou mesmo apresentar defeito após uma atualização. Sempre teste os canais em mais de um aplicativo para confirmar se o problema se repete.

5) Testar em mais de um dispositivo
Às vezes o dispositivo principal pode estar com problemas na placa de rede. Peça ao cliente para alternar entre dispositivos (smartphone, notebook...) para confirmar se o problema se repete independente do meio escolhido para assistir. Caso apenas um apresente o problema, já temos um diagnóstico.

6) Configurar um DNS manualmente
Servidores de DNS ajudam a encontrar mais facilmente as rotas dos servidores. Às vezes o servidor de DNS padrão da operadora não está conectando o cliente ao melhor caminho possível, da mesma forma como um GPS veicular pode indicar um caminho curto, mas com engarrafamento, em vez de um caminho maior, mas livre de trânsito. Para Android o aplicativo "DNS Changer" facilita a configuração manual de um DNS. Recomendamos o da CloudFlare (1.1.1.1) ou do Google (8.8.8.8). Para outros sistemas, buscar informações em tutoriais.

7) Testar em 3G/4G
Se o travamento estiver constatado em todos os dispositivos, seja utilizando Wi-Fi ou conectado por cabo de rede, o problema pode ser com a operadora de internet. Nem sempre testes de velocidade são capazes de medir a estabilidade do sinal, muito menos detectar se a operadora está praticando o chamado "Traffic Shaping" (prática em que operadoras restringem o tráfego de dados de um serviço específico, principalmente quando se trata de um serviço que consome dados em fluxo contínuo). Fazer um teste no smartphone utilizando uma outra operadora por meio de dados móveis 3G/4G pode trazer a constatação de que assistir IPTV em uma operadora está normal, e na outra não. Lembrando que esse procedimento é apenas para fazer constatação, já que IPTV consome cerca de 3GB de dados por hora, tornando-se inviável assistir por longo tempo.

8) Utilizar VPN
Ao ativar uma VPN o cliente passa a transitar os dados por uma rede externa privativa, longe de quaisquer regras de conexões impostas pela sua operadora local (Traffic Shaping). VPNs gratuitas não garantem total estabilidade pois podem congestionar, mas ajudam. Existem boa VPNs pagas custando de R$ 5,00 a R$ 35,00 por mês (recomendo PrivateVPN).

9) Reclame com a operadora
Se ficou provado que o serviço só funciona com o uso de uma VPN, o problema está na operadora. Muita gente relata que ao ligar para a operadora e reclamar que determinados conteúdos funcionam e outros não, ou que o conteúdo que está tentando assistir abre normal no 4G mas não abre no Wi-Fi, os atendentes executam procedimentos que normalizam a situação. É uma tentativa a ser feita antes de partir para a compra de uma VPN, por exemplo.
Responder
#2
Responder
#3
Responder
#4
Vejo postagens de clientes que querem rodar listas com 5, 8, 10MB, mas esquecem da qualidade do sinal que é medido por outro fator o PING e JITTER, Ping seria a velocidade de transmissão e o Jitter a oscilação, ou seja se sua casa for longe da caixa de distribuição vc pode ter 10MB, 20MB, 100MB não adianta se o PING for alto e o JITTER alto tbm, sua internet oscila de mais para usar canais ao vivo.
PING tem que estar abaixo dos 32ms (milésimos de segundo).
JITTER tem que estar abaixo dos 10ms.
Se não, não roda os canais ao vivo mesmo em SD.


Perguntas frequentes:
1- A mais a Netflix roda!
R: Netflix não é ao vivo e se adapta a oscilação, a imagem uma hora tá limpinha e outra toda quadrada, na tv ao vivo isso não existe.

2- Tenho fibra, meu PING tá baixo 3,4,5,7ms mesmo assim trava!
R: Operadoras que usam fibra, as vezes medem a velocidade somente do seu modem até o servidor da própria operadora, mas não até outros servidores distantes, sendo assim se a operadora de fibra for empresa pequena, não tem rotas suficientes para se conectar em servidores distantes.

3- Tenho fibra, mas trava.
R: Por outro lado pode ser o modem oferecido pela operadora, assim como a taxa de transmissão aumenta o modem precisa ser compatível, como não consegue transformar o sinal em dados em tempo hábil, acaba atrapalhando serviços que são ao vivo, como Streaming de canais.

Resumindo estes problemas podem ser em ambos os lados, tanto do cliente quanto do servidor.
4- Como testar realmente? 
R: Baixa o speedtest, teste fora do aparelho convencional, teste em outra internet, exemplo 4G ou de outra operadora.

5- Não insista quando a internet não for Boa, não diga que o problema é o IPTV qnd não funcionar em 2,3,4,5 testes, muitas vezes o problema é a internet.
Responder
#5
Entenda o que é a Latência e sua influência na conexão com a internet


Provavelmente você nunca ouviu falar da palavra latência, não é verdade? Certamente ela não esta tão presente no nosso vocabulário cotidiano. Porém a latência está ligada a nossas atividades diárias na internet.

Latência é o fator que assegura qualidade na velocidade da internet, uma expressão de quanto tempo leva para um pacote de dados ir de um ponto designado para o outro, o sinônimo de latência na rede é de atraso.

Exemplos de Latência:
O tempo de resposta ao acessar um site; quanto tempo um email leva para chegar ao seu destino, sem que haja atraso? O intervalo deste tipo de ação é chamado de latência.

Latência é o tempo que leva para um sinal (bit) ou pacote de informação ser enviado do computador original e chegar ao seu destino, e para descobrirmos este tempo precisamos medir a velocidade de internet.

Existem alguns contribuintes na latência de redes, como por exemplo: Programação, transmissão, router e ping. Explicaremos um pouco sobre cada um.

Propagação: É o tempo que leva um pacote trafegar entre um lugar e outro com a velocidade da luz.

Transmissão: Seja por meio de fibra óptica, wireless, ou algum outro.

Router: É um equipamento ativo de uma rede de dados que permite a comunicação entre dispositivos de diferentes redes.

Ping: É o tempo que leva para um sinal ser enviado a partir de um computador para outro e realizar o trajeto de volta para o computador original.

Agora que já sabemos o que significa latência, vale a pena informar que existem maneiras simples de verificar constantemente a velocidade da sua internet, de maneira rápida, pratica e eficaz. Afinal, muitas vezes não usufruímos da velocidade de banda larga que contratados nos pacotes de serviço.

Informações úteis
A comunicação na internet se divide em dois tipos de pacotes: TCP e UDP. Normalmente não nos atentamos quando fazemos um teste de velocidade, observamos apenas a velocidade de download e nada mais. Mas é importante saber que a comunicação na internet se divide em dois tipos de pacotes: TCP e UDP.

A maioria das ferramentas mede apenas a velocidade TCP, que é a mais comum no nosso uso diário, tais como, acessar nossos e-mails e navegar pela internet. Os pacotes TCP são os que usamos para web e sua principal característica é que a informação, mesmo que demore, é entregue de qualquer jeito.

Os pacotes UDP não têm garantia nenhuma que chegarão ao seu destino, mas ainda assim é presente na vida online. Por exemplo, em jogos online e transmissões ao vivo, afinal para este tipo de atividade precisamos de comandos imediatos.

As operadoras que fornecem banda larga ou qualquer tipo de serviços de internet são proibidas de priorizar uma dessas velocidades. Assim, quando medimos nossa velocidade de conexão, TCP e UDP devem ser bastante próximas.

O site da MinhaConexão tem a maior rede de provedores associados no Brasil. São mais de 1500 provedores cadastrados e o sistema é instalado no servidor do provedor. O site da MinhaConexão te garante precisão nos resultados, além de fornecer o histórico de testes já realizados. Você pode salvar e imprimir para usar como prova de problemas com sua internet.
Responder
  


Saltar Fórum:


usuários a ver este tópico:
1 Visitante(s)